Selo 30 anos
Fone: (11) 3285-4422

Pergunte para o Dr

Receba resposta de suas dúvidas. Se preferir, deixe na mensagem seu telefone para um contato mais rápido.


Clínica de Andrologia, Urologia e Geriatria em SP

ESPECIALIDADES

Prótese Peniana

Indicadas nos casos de disfunção erétil total ou parcial em que não existam outras possibilidades de tratamento.

Saiba mais

Impotência Sexual

Atualmente, 20% dos homens apresentam algum tipo de disfunção sexual, alterações na libido (desejo sexual), ereção (dificuldade em conseguir ou manter a rigidez) e no controle da ejaculação.

Saiba mais

Disfunção Erétil

A diabetes em suas diferentes formas, congênitas ou adquiridas acabam levando a lesões teciduais, a "neuropatia diabética" que pode trazer uma perda total ou parcial da ereção peniana.

Saiba mais

Câncer ou tumor da Próstata

A prostata e uma glândula do Sistema Reprodutor masculino que produz o liquido da ejaculação que leva os espermatozoides, localiza-se logo abaixo da bexiga.

Saiba mais

Prótese de Testículos

Prótese de testículos é indicada esteticamente, não tendo nenhuma função fisiológica (produção hormonal e espermatozoides).

Saiba mais

Peyronie

A Doença de Peyronie consiste em uma fibrose/calcificação do pênis que dependendo da extensão pode causar uma curvatura e dores durante a ereção.

Saiba mais

Ejaculação Precoce

Ejaculação Precoce é a falta no controle do orgasmo/ejaculação que pode ocorrer mesmo antes da introdução, estimando-se que atinge até cerca de 30% dos homens em grandes centros, devidos provavelmente ao stress de grandes metrópoles.

Saiba mais

NOTÍCIAS ver todas

NOVEMBRO AZUL

Câncer da Próstata Recidivas
BAND FM – Israel Goldenstein Entrevista com Dr. Syuichi Fujisaki

Novembro Azul

O Tratamento inicial pode ser através de cirurgias ou Radioterapia (RT). Ambas podem ter recidivas (retorno da doença) posteriormente.
Recidivas pós-prostatectomias, podem ser realizadas as Radioterapias. Recidiva de tratamento com RT inicial, pode ter uma cirurgia posteriormente (Prostatectomia).Cirurgias podem trazer a disfunção erétil (DE) e a incontinência urinaria.Os resultados de efeitos colaterais diminuíram muito nestes últimos 30 anos,DE era 100% e atual 50% Incontinência era 100% e agora em 10% dos casosPrincipalmente com a cirurgia robótica, a tendência e diminuir mais ainda.
Hormonioterapia é normalmente utilizado quando há metástases, ou o tumor já saiu para outros órgãos. São estágios mais avançados.

Hormonioterapia bloqueia a atividade sexual. (Efeito colateral).
Podemos associar a Radioterapia com a Hormonioterapia em alguns casos.

A Hormonioterapia, faz a supressão androgênica. Quimioterapia, potencializa os tratamentos mesmo em tumores localizados.
O mais importante de qualquer tratamento é o preventivo, fazendo um diagnóstico precoce, com checkups anuais.

Todo processo no inicio tem um tratamento mais eficaz, podendo não evoluir com as recidivas (retorno da doença).
Exames como: toque prostático e a dosagem sanguínea do PSA, são essenciais. O PSA é um dos melhores marcadores, podendo salvar uma vida.

INDICAÇÃO DO TRATAMENTO DA DISFUNÇÃO ERÉTIL PÓS PROSTATECTOMIA

DE E PROSTATECT

 

É realizada após uma avaliação com médico Urologista/Andrologista em uma clinica especializada, a qual poderá dar a melhor indicação quanto ao tratamento seja clinico ou cirúrgico.
Os medicamentos podem atuar no aumento da circulação, mas pode ter contra-indicações e efeitos colaterais como pacientes cardíacos e com hipertensos.
Deve-se avaliar as possibilidades clínicas para antes de indicar o implante de uma prótese peniana a qual é muito satisfatória permitindo o retorno atividade sexual.